Oficinas de pré-diagnóstico marcam a primeira etapa de apresentação do ZEE-RS

Oficinas de pré-diagnóstico marcam a primeira etapa de apresentação do ZEE-RS

Iniciativa irá permitir a participação pública no processo de criação do maior banco de dados georreferenciados do Rio Grande do Sul

A Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) realizará nos meses de março e abril oficinas de pré-diagnóstico em diferentes regiões do Estado para a apresentação institucional do projeto de Zoneamento Ecológico-Econômico do Rio Grande do Sul (ZEE-RS). Nesta sexta-feira (10) serão realizadas as primeiras reuniões nos municípios de Uruguaiana e Santa Maria. É a primeira fase que contará com a participação pública do projeto, que será levado a outros municípios como Caxias do Sul, Carazinho, Pelotas, Santa Rosa e Porto Alegre.

As oficinas vão abordar as atividades desenvolvidas em cada região e os resultados preliminares do diagnóstico apurados pelo ZEE. Também serão coletados os anseios e as percepções dos formadores de opinião locais, contribuindo para o aperfeiçoamento do trabalho técnico-científico.

As oficinas participativas são a principal ferramenta utilizada para informar, discutir e ouvir todos os setores da sociedade, incluindo os Comitês de Bacia Hidrográfica, os Conselhos Regionais de Desenvolvimento e entidades de classe. Também estarão envolvidos representantes da sociedade civil, dos setores produtivos e de preservação ambiental, além de gestores estaduais e municipais.

O processo de participação pública vai ocorrer durante todo o processo de elaboração do ZEE-RS. As oficinas de diagnóstico final darão início à segunda fase do projeto e serão realizadas a partir de maio desse ano. As etapas seguintes contemplam o pré-prognóstico e o prognóstico final.

Sobre o ZEE

O Zoneamento Ecológico Econômico do Rio Grande do Sul é uma ferramenta de suporte ao planejamento e ordenamento territorial, na qual o Estado, a sociedade e os empreendedores terão como conhecer previamente as peculiaridades, vulnerabilidades e potencialidades de cada local ou região.

O resultado do trabalho será a maior compilação de dados georreferenciados do Rio Grande do Sul, permitindo que o Estado, os empreendedores e a sociedade conheçam e identifiquem as melhores oportunidades, levando em consideração o desenvolvimento sustentável.

O ZEE integra a Política Nacional do Meio Ambiente, regulamentado pelo decreto nº 4.297/2002.

Órgãos envolvidos

Integram o grupo de trabalho a comissão estadual e a equipe técnica executiva do ZEE, além da Câmara Técnica de Planejamento / CONSEMA. O projeto conta com o apoio do Ministério do Meio Ambiente.

 

 

Confira nossa agenda aqui

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *